Amplificação da voz

Para que nossa voz seja compreendida, o som produzido pelas pregas vocais precisa ser transformado. Já contei em outro post que esse som é diferente da voz como a conhecemos e se parece mais com um barbeador elétrico. Assim, ele precisa ser modificado e amplificado ao passar pelas cavidades situadas acima da laringe, conhecidas como cavidades de ressonância.

A ressonância funciona como uma caixa acústica, em que o som emitido pelas pregas vocais percorre todo o trato vocal, passando pela laringe, faringe, boca, nariz e seios paranasais para então ser reverberado. Se houver o uso excessivo de uma ou outra cavidade (oral, nasal, faríngea ou laríngea) a qualidade vocal poderá ficar alterada.

Você já teve a sensação de que alguém parece estar falando pelo nariz? Esse é um exemplo muito comum de desequilíbrio da ressonância, em que a cavidade nasal está sendo mais usada do que as outras. Um fonoaudiólogo especialista em voz pode avaliar e promover o equilíbrio da ressonância, por meio de técnicas vocais adequadas a cada caso.

Sem comentários

Deixe um comentário