A história da professora que mudou, depois que passou a usar microfone

Os fones de ouvido e o microfone mudaram – para melhor – o desempenho vocal de muita gente na pandemia.

Ela é professora universitária e estava tão preocupada em adaptar as estratégias de ensino para o meio digital que nem percebeu a necessidade de também ajustar a sua voz para o novo contexto.

Sem fone de ouvido e microfone, ela encarava uma longa jornada de trabalho falando alto e com esforço. Teve que mudar! O cansaço e as falhas na voz começaram a deixá-la ansiosa e a comprometer, inclusive, sua performance como professora.

Depois de experimentar diferentes fones e testá-los em aula, ela escolheu o modelo intra-auricular e nunca mais o abandonou. Esta estratégia foi associada a um programa de aquecimento vocal e a orientações sobre postura, ingestão de água e uso econômico da voz.

Resultado: bom desempenho vocal restabelecido em poucas semanas, além de confiança, autopercepção e autonomia para cuidar da saúde vocal!

Sem comentários

Deixe um comentário